A.C.S.E.S.M. Camisa Verde e Branco

Samba-Enredo 2020

A.C.S.E.S.M. Camisa Verde e Branco


Laroyê! Exu mojubá
Xeu êpa babá, meu pai Oxalá
√Č sangue africano correndo nas veias
Ecoa o batuque que vem do por√£o
A voz n√£o se cala na dor da luta
Sou negro no açoite da escuridão
Ê Bahia de todos os santos
"Savalu Vodun Zo" magia e encanto
Na festa de candomblé, vai ter xirê
Atot√ī meu pai Obaluay√™
Oraieie√ī mam√£e Oxum, venha me valer

Ogan bateu o tambor
Ok√™ ok√™ ar√ī, kabecil√™ Xang√ī
Patacori Ogum, eparrei Ians√£
Odoya, saluba Nan√£

Nascido no candeal, ao som do Ilê Aiyê
No toque do timbal... vem ver
Timbalada descendo a ladeira
No Pel√ī, Olodun levanta a poeira
Eu sou do gueto, n√£o sou de brincadeira
Eu vou cantar no "trio", eu vou
Espalhando axé pela cidade
Aplausos ao Tribalista da canção
Nos palcos da vida, a consagração
Carlinhos Brown é verde e branco
No Trevo do meu coração

Salve a batucada do meu canjerê
A Furiosa toca samba pra você
Salve a Barra Funda
Meu eterno amor, Ajay√ī... Ajay√ī

Composi√ß√£o: Turko, Maradona, Z√© Paulo Sierra, Rafa do Cavaco, Fabio Souza, Almir Menezes, Bira Moreno, Pedro Carmo, Erasmo Dias, M√°rio L√ļcio e Cunha Bueno

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta m√ļsica

Ou√ßa esta√ß√Ķes relacionadas a A.C.S.E.S.M. Camisa Verde e Branco no Vagalume.FM

√öLTIMAS

ESTA√á√ēES
ARTISTAS RELACIONADOS