Página inicial > Forró > C > Caju & Castanha > A Sogra Encrenqueira

A Sogra Encrenqueira

Caju & Castanha


A minha sogra não presta, me chamou de vagabundo
Eu gosto da minha sogra no outro lado do mundo!

Antes do meu casamento, eu fui um homem fiel
Cheguei cedo no cartório e assinei o papel
Sem sair do pensamento a nossa lua-de-mel

Eu gosto da minha sogra no outro lado do mundo!

Foi um casório animado teve forró e seresta
Várias comidas, bebida... o bolo enfeitou a festa
Hoje o culpado sou eu por gostar de quem não presta

Eu gosto da minha sogra no outro lado do mundo!

Essa velha sem futuro, eta que mulher perdida!
Chega no fim de semana quer cerrar minha comida
Bater papo na cozinha e falar mal da minha vida

Eu gosto da minha sogra no outro lado do mundo!

Eu adoro minha esposa, minha esposa me adora
Ela fala em separar, a gente só não se chora
Por causa daquela velha com instinto de caipora

Eu gosto da minha sogra no outro lado do mundo!

Nunca lhe presenteei vou mostrar que sou bacana
A cova dela está pronta sua espírito não me engana
Vou levar flores pra ela e o caixão esta semana

Eu gosto da minha sogra no outro lado do mundo!

Se pro uma sogra ruim ela põe a outra em mau caminho
Domingo que se passou tomou um copo de vinho
Foi latir na minha porta e me jogar contra o vizinho

Eu gosto da minha sogra no outro lado do mundo!

A sogra sendo encrenqueira põe o filho em interdição
Dá pulo que nem macaco distoa que nem leão
Faz o genro lavar prato e ainda come o seu feijão!

Eu gosto da minha sogra no outro lado do mundo!

É mais fácil o mar secar, o diabo pedir perdão
O rico ajudar o pobre e cobra vestir calção
Do que a sogra encrenqueira receber a salvação!

Eu gosto da minha sogra no outro lado do mundo!

Operaram minha sogra de uma doença ruim
Foi, está fazendo um ano que ela não procura a mim
Agora é só alegria e eu gosto de sogra assim

Eu gosto da minha sogra no outro lado do mundo!

Minha sogra quando vai onde moro me atrasa
É igual imitar galinha eu como a ponta da asa
Se eu pudesse eu não via essa velha em minha casa

Eu gosto da minha sogra no outro lado do mundo!

Minha sogra quando ri parece com o Satanás
Tem falsidade na frente, minha tristeza é demais
Se um cão carrega ela, Deus me livre eu ir atrás

Eu gosto da minha sogra no outro lado do mundo!

Essa dor de minha sogra, ô que velha intoxicada!
Fuxica com todo mundo, quando toma uma bicada
Fica igual imita uma besta, rinchando e dando patada!

Eu gosto da minha sogra no outro lado do mundo!

Minha sogra adoeceu, teve uma febre amarela
Murchou a popa da bunda e secou uma canela
E a coisa pior do mundo ainda é melhor do que ela!

Eu gosto da minha sogra no outro lado do mundo!

A cara da minha sogra já parece uma pamonha
Só vive de confusão, de vez em quando ela apanha
Vai se acabar desse jeito que a velha não tem vergonha

Eu gosto da minha sogra no outro lado do mundo!

Quero que ela se dane esqueça a vida minha
Passando no cruzamento, o trem lhe cate na linha
Queira bem a sua sogra do tanto que eu quero a minha!

A minha sogra não presta, me chamou de vagabundo
Eu gosto da minha sogra no outro lado do mundo!

Letra enviada por Marlon De Albuquerque Sales

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Caju & Castanha no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS