Clarão

Caetano Moreno Zeca Tom Veloso

Ofertório


Há um clarão no infinito que posso enxergar
De vez em quando me perco
Num pensamento qualquer
Que me devolve ao lugar
Onde ficamos bem perto

Havia um calmo mistério plantado no ar
Que se deitava nos dias
E através de um abraço
Veio a certeza de ter
A infinita alegria

Já não havia motivos pra eu me preocupar
O sol nascia bonito
E através da manhã
Nós fomos o despertar
De um amor impossível

Letra enviada por Ccosta

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Caetano Moreno Zeca Tom Veloso no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS