Bandida

Cacio e Marcos


Amigo preste atenção
Vou lhe falar a real
Conheci uma mulher
Que me fez passar mal

No começo era lindo
Eu tava gostando dela
Mas depois eu percebi
Quem realmente era ela

Doida, dissimulada
Fofoqueira, barraqueira
Com ela a minha vida virou de vez uma zoeira

Mentirosa, sua bandida
Não sei como ninguém vê
A falsidade da mina
Da vontade de mander ela se...

Vai embora vai
Vai pra bem longe de mim
Pensei que você era alguém
Mas vi que não é assim

Vai embora vai
Some da minha vida
Se eu ver algum rastro seu
Eu queimo com gasolina

Amigo vou lhe falar
Isso é um caso sério
A arte dessa mulher
Não é nenhum mistério

Eu ouvi os seus conselhos
Mas a carne era fraca
Caí na mesma armadilha dessa cobra malcriada

Doida, dissimulada
Fofoqueira, barraqueira
Com ela a minha vida virou de vez uma zoeira

Mentirosa, sua bandida
Não sei como ninguém vê
A falsidade da mina
Da vontade de mander ela se...

Vai embora vai
Vai pra bem longe de mim
Pensei que você era alguém
Mas vi que não é assim

Vai embora vai
Some da minha vida
Se eu ver algum rastro seu
Eu queimo com gasolina

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Cacio e Marcos no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS