Página inicial > Rock Alternativo > C > Cabeças No Ar > O Cheiro Dos Livros

O Cheiro Dos Livros

Cabeças No Ar


O professor de português
Empolgou-se na lição
Tropeçou caíu ao chão
Quase partiu o pescoço
Como aquele sábio grego
Que de tanto olhar o céu
Caíu dentro dum poço

O professor de português
Falava de natação
Dos poemas de Camões
Eu vi toda a epopeia
Senti o cheiro ao mostrengo
Cheirava a sal e a trovões
E a desgostos de sereia

Mas eu quero-lhe dizer
Um segredo verdadeiro
Até o Stör caír
Os livros não tinham cheiro

E eu que não tinha atenção
Era uma nota sofrível
Senti vivo o predicado
Dentro do meu coração
Saltei subí de nível
Fiz-me sujeito acordado
No centro da oração

Ó meu caro professor
Eu quero-lhe agradecer
Ter ganho o meu nariz
Nele vou a toda a parte
É uma força motriz
Vou a Roma e a Paris
Vou à Lua e vou a Marte

Ó meu caro professor...

Compositor: Carlos Tê / João Gil

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Cabeças No Ar no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS