Borges
Página inicial > B > Borges > Onda do Lança

Onda do Lança

Borges


Ó que me mina doida, rebolando no meiota
Sentando por cima, brincando com a minha choppa
Deitada danada contando as minhas nota
Disse que é minha fã e me chamava de Bg
Só vou te pegar, se os cria pega você
Base liberada que hoje é dia de lazer
Senta pro Bg, que tu não vai se arrepender
Ouro até o dente, não passa da barricada

Da fuga na blaze, ouvindo Ak do Flamengo
Disse que eu sou brabo, pareço um bicho metendo
Esses cara aplica de glockada de tambor
Morro tá uma uva, foi o chefe que falou

Os cria não dança, balança, onda do lança
Aquelas ondinha que me deixa igual criança
Ótima essa vida de luxúria e muita fama
Rico bem novinho, bolso lotado de grana

Os cria não dança, balança, onda do lança
Aquelas ondinha que me deixa igual criança
Ótima essa vida, de luxúria e muita fama
Rico bem novinho, bolso lotado de grana

De lança da Barbie, joga ouvindo La Chica
Quando toca Borges, rebola mais que a Anitta
Fazendo dinheiro, ela é fria e calculista
Grava um Tiktok, só pra atiçar os cria
Eu odeio prata, só gosto de usar ouro
Chinelo Lacoste, carro de banco de couro
É dia de baile, no meu bolso só tem lobo
Se tu quer me achar é só tu arrastar pra cima

Os cria não dança, balança, onda do lança
Aquelas ondinha que me deixa igual criança
Ótima essa vida, de luxúria e muita fama
Rico bem novinho, bolso lotado de grana

Os cria não dança, balança, onda do lança
Aquelas ondinha que me deixa igual criança
Ótima essa vida, de luxúria e muita fama
Rico bem novinho, bolso lotado de grana

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Borges no Vagalume.FM

ESTAÇÕES