Borges
PĂĄgina inicial > B > Borges > Aonde Eu Sou Cria

Aonde Eu Sou Cria

Borges


Huh, huh

Aonde eu sou cria, ninguém gosta da polícia
Aonde eu sou cria, ninguém gosta de racista
Aonde eu sou cria, a bala come todo dia
Aonde eu sou cria, de nada vale sua vida
Aonde eu sou cria, ninguém gosta da polícia
Aonde eu sou cria, ninguém gosta de racista
Aonde eu sou cria, a bala come todo dia
Aonde eu sou cria, de nada vale sua vida (Uh, uh, balançou)

Erros do passado que dificulta o lazer
VĂĄrios perde a vida pela noite de prazer
Whisky doze agrada o paladar do Bg
Espécie no bolso, fala o que tu quer beber
"Como que o Bg tem feito tanto dinheiro?
TĂĄ largando o trap pra trampar de fazendeiro"
Piu Piu e Frajola, Bebeto e RomĂĄrio
Mary tĂĄ cantando mais do que Roberto Carlos
VĂĄrias mina louca tĂĄ parando do meu lado
Sempre rindo do comentĂĄrio de recalcado
Hater, fala por que o seu saldo tĂĄ zerado?
Se eu cheguei aqui, foi sofrimento pra caralho
Hater, fala por que o seu saldo tĂĄ zerado?
Hater, fala por que o seu saldo tĂĄ zerado?
Fala pra mim, meu mano, hahaha, Borges

Aonde eu sou cria, ninguém gosta da polícia
Aonde eu sou cria, ninguém gosta de racista
Aonde eu sou cria, a bala come todo dia
Aonde eu sou cria, de nada vale sua vida
Aonde eu sou cria, ninguém gosta da polícia
Aonde eu sou cria, ninguém gosta de racista
Aonde eu sou cria, a bala come todo dia
Aonde eu sou cria, de nada vale sua vida (Uh, uh, balançou)

Cara de playboy, sempre vou ser favelado
Faço muita grana, bolso tå muito pesado
Venho do Cpx, mano, eu sou muito respeitado
NĂŁo tĂŽ rico ainda, por isso pego dobrado
Joia nessa vadia, meu presente Ă© ela de quatro
NĂŁo quero contrato, nĂŁo vou fechar com mandado
Preto e branco junto tacando fogo em racista
Borges tĂĄ bonito, coitado do Caio Castro
Eu me viciei, vocĂȘ gemendo Ă© bom demais
La chica rebola, tipo me dĂĄ muito paz
NĂŁo tenho Ferrari, muito menos diamante
VocĂȘ Ă© mĂł gostosa, vale mais que mil amante
Pitbull bolado, vĂĄrias cadela cercando
Gelo no meu copo e duas mulher me namorando
Minha presença marcante, hater tå me observando
Muitos nĂŁo admite, mas acaba copiando

Aonde eu sou cria, ninguém gosta da polícia
Aonde eu sou cria, ninguém gosta de racista
Aonde eu sou cria, a bala come todo dia
Aonde eu sou cria, de nada vale sua vida
Aonde eu sou cria, ninguém gosta da polícia
Aonde eu sou cria, ninguém gosta de racista
Aonde eu sou cria, a bala come todo dia
Aonde eu sou cria, de nada vale sua vida (Uh, uh, balançou)

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Borges no Vagalume.FM

ESTAÇÕES