Página inicial > Hip Hop > B > Bonde da Stronda > Só Pros Verdadeiros

Só Pros Verdadeiros

Bonde da Stronda

Nova Era da Stronda


Se liga maluco na fita que eu mando pra todos
Que andam falando, babando, zoando
Deixando de lado os amigos do peito
Respeite o direito de poder rimar
Atitude de todos os modos que encontro
Faço e refaço a planilha
Do jogo, do povo, tão bobo acerto
Um soco na cara do tolo
Que dize que eu faço essa porra por grana
Por fama, cabeça em chamas
Explana, engana uma dama, que ama uma trama sacana
Que no final vai em cana, atolada na lama

É engraçado como nego fala mal e paga pau
Por qualquer situação que você pensa ser formal
Tal qual
Os pela saco que vem apertar a minha mão
Força o maior sorrisão, não me engana não
Comédia para de inventar que fez isso e aquilo
Diz ser o sinistrão, quando me vê parece um grilo
Vocês também bando de cobras interesseiras
Que ouvem minhas músicas cansam de falar besteira
'eles são ridículos, odeio bds!'
Mais quando abre o media player
Bds tu não esquece

Por isso que eu dou moral, a todos os verdadeiros
Que tão junto desde o início, que eu sei que são
Parceiros
Sinto orgulho de verdade quando alguém me ofende
Os "verdadeiro" bota a cara, xinga mermo, me defende
Defende porque sabe, tudo o que eu passei
Não "é" esses comédia que falam que eu vacilei
Ô seu comédia quer falar da base
Pois agora se perdeu
Base gringa no começo porque agora é tudo meu
Rap nacional eu escuto e sou mó fã
Mas num sou igual você que ouve e se acha um dom de fã

E se eu sou marrento o problema é todo meu
Cuida da sua pobre vida que da minha cuido eu
Não sabe de nada e quer dar uma de sensata
Falsa fã pra mim é apenas uma fã ingrata

Verdadeiros são aqueles que na vida vão subir
Os falsos são aqueles que na vida vão cair
Não tente se esconder, porque só Deus pode julgar
Se tá certo ou errado no final você verá

Se tu ouvia ou deixou de ouvir porque eu sou marrentinho
Agradeço é a deus , menos um falso no caminho
Quer divulgar teus machos nos comentários da minha entrevista
Tu não é normal , precisa é de um psicanalista
Tem que ser mais humilde, se não num vou crescer!
Primeiramente nunca precisei disso pra viver
Eu sei que quem me ouve ta até o final
Entendo a stronda como algo intelectual

Cada verso cada letra tudo certo nada errado
Minha cabeça ta com deus e tu dorme com diabo
Vai apodrecer, e eu rogo uma praga nesse instante
Dormirás escutando vozes e pesadelos horripilantes

E o bds, alguém sabe como é?
Não, só sabe inventar os caô pras mulher
Desde o primeiro cachê , desde a primeira nota de cem
Vê ai nessa parada se eu esqueci de alguém?

Fico bolado com os pela que querem me julgar
Stronda music com sem romance eu vou continuar
Como dizia o ditado da amizade promissora
Amigo não é o que separa, é o que chega na vuadora

Fica metendo caô que precisa ter união
Quem fala isso é o primeiro fanfarrão
Que diz que ta lá porque só quer ver o crescimento
Mas eu sei que só que dindin, dane-se o juramento

Mr. Méqui é tudo minha autoria, que mal isso te faz?
Isso é falta de mulher sabia?
E Thug significa bandido, eu já sei a muito tempo
E a Stronda subentendido, é o nome do seu tormento

Mas que se dane tudo isso ta maneiro
Quem conhece o real sabe que eu sou verdadeiro
Daqueles que nego sabe quando inventam caô
Daqueles que nego sabe quando não é por amor
Daqueles que nego sabe como realmente eu sou
Daqueles que nego sabe sempre está a favor

Quem gosta do meu som, eu me orgulho e estendo a mão
Mas quem não gosta desse porra ta fazendo o que aqui irmão?
Não freqüenta meu show? me faz esse favorzão..
Porque na minha platéia só entra quem ta de coração

Tu deu um soco no thug? Pegou a mulher do stronda?
Quando tu fizer isso tu entra pro bonde da stronda
Calamidades acontecem nesse mundo que eu vivo
E otário igual ao você pra mim serve de incentivo

Não tacha de playboy, já tá querendo aparecer!
Porque é mais fácil me rotular, do que me conhecer
Seu mundo é ilusório, caô! Limites clássicos
Limite de mulher bonita, e até boneca de plastico

Fica aí parado, stagnado,
Agora vou te mostrar um pouco do meu aprendizado
Cala boca agora, e presta atenção!
Pela primeira vez na vida vai ouvir a voz da razão

Voz da razão!

O que tu faz nada produtivo, totalmente liso, me esquivo do abismo,
Analiso, superviso, friso, agilizo, deslizo, organizo, repiso,
diviso, biso, banalizo, categorizo e centralizo! Climatizo,
corporizo, exorciso, eletrizo, escravizo, formalizo, estabilizo,
carbonizo, economizo, padronizo, oficializo, penalizo,
vocalizo no estilo, mecanizo, ridicularizo, celebrizo,
finalizo, teorizo, sintonalizo, ruborizo e responsabilizo.

Compositor: Diego Raphael Villanueva

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Bonde da Stronda no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS