10 Anos

Bonde da Stronda


É que já são 10 anos, são 10 anos, já são 10 anos
E eu nem vi passar os anos, são 1o anos
Já são 10 anos mano
Por mais 10 anos sigam me aturando (bis)

E que se foda legal, essa porra toda é igual
Careta vai passar mal, conteúdo sexual, não tem que ser
Tudo igual, só um beck, seda normal, legalizei na moral
E a inveja chupa meu pau

Percebe cedo, de longe bonde dos playsson é a ponte
Diego thug de front e esses cu d'água se esconde
Um monte de nego falaram merda demais
Se olhar pra trás
Eu e meu bonde que fizemos tudo aos atuais

Mas hoje eu tô na tranquila, bonde da stronda é família
Muita mina, muita mina que aqui já rodo
Eu não sou cafetão
De puta pobre
Eu já tenho essas minas todas
Que moram nos bairros nobre

Me olhe, o bope das pussy, lil usi, lil wayne
As puta no cruze, the game comendo as groupie
Kardashians são da minha trupe, as faixas
Peso sem truque, as letras dão medo no loop
Se quer sonzin de yakut, não da stronda, tu é cut

Traz um monte de álcool que a vida é só
Essa pra nós, me avisa pros pela que vão enjoar
Da minha voz, eu quero as irmãs gêmeas, que assim
Sim nasce uma lenda quanto mais mina eu como
Mais me aparece problema

Não tem cena, esquema, experiência é vivência
Uma xxt vale a pena, muito mais que essas demências
De hoje. os moleques tão cheios de medo de falar
Uma merda, só fumam erva é a era dos mais comédias

Cês transam ninguém, transam quem, cara?
Só na internet, e o beck, pra mim já serve, tá mac
Elas se perdem, sete horas da manhã, vou vivendo
Igual bon vivant, os veneno entoquei na van
E hoje temos hotel com as fã

10 Anos passam rápido, 10 anos tô no páreo, 10 anos
E ainda tô mais visionário, estilo de vida solteiro
De preto boeiro, sempre com os parceiro, isso é rio
De janeiro, porra

Se é rap eu não sei
Mas garanto que isso é verdadeiro
Mercedez ou Saveiro? não importa meu cash
Só importa minha mente primeiro
Isso é desculpa de quem tem medo, e quem tem medo
Não tem dinheiro, quem tem medo
Não tem parceiro, morre cedo
E a vida regrada no fim é o mesmo
10 Anos de esbórnia
10 Anos me atrevo, porra

10 Anos, são 10 anos, já são 10 anos
E eu nem vi passar os anos são 10 anos
Já são 10 anos mano
Por mais 10 anos sigam me aturando, é que já são...

Primeiro ano nem sabia o que tava fazendo
Não é uma brincadeira sobre festa bebida e mulher
Segundo ano, empenhado pra dar certo
Trampo gravando em estúdio bom, dominando o campo
Terceiro ano teve show, rolê por todo o canto
Onde a vida já tava tomando outro plano
Assumimos a profissão no quarto ano
Rodando o mundão de nave do ano
No quinto ano, cada fase da vida que passamos
A vivencia com os manos no rap recitamos
Sexto ano foi um marco bom pra que o trilhamos
Vários prêmios, matérias que até tv abriu pro ramo
No sétimo ano, podendo viver do que amamos
Já colei na sua cidade explodindo o banco
Oitavo ano da maré baixa tranquilo, passamos
Só verdadeiro que ficou a trancos e barrancos
O nono ano foi pra confirmar e honrar o pano
Onde pudemos viver de tudo o que sonhamos
E agora são 10 anos, nem vi passar os anos
Que venham mais 10, me aturando

São 10 anos, são 10 anos mano, são 10 anos
E eu nem vi passar os anos são 10 anos,
São 10 anos mano, são 10 anos
Eu nem vi passar os anos.

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Bonde da Stronda no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS