Página inicial > Regional > B > Boi Garantido > Miscigenação

Miscigenação

Boi Garantido


Nossa festa é de Boi-Bumbá
Nosso ritmo é quente, amazonense
É um batuque misturado, apaixonado, tem a cara do Brasil
Coisa assim nunca se viu...
É um balanço que imita o banzeiro e tem cheiro de beira de rio

Tem herança do nordeste
Bumba meu boi, cabra da peste
Tem gingado de quilombo, tem poeira levantando
Tem rufar e tambores tribais
Sou afro, ameríndio, caboclo, mestiço, eu sou a própria miscigenação

Sou batucada, sou a cadência eternizada na toada
A poesia de um amor que se transforma e um som que vem da alma
Sou pai Francisco, sou Catirina, Gazumbá sou GARANTIDO
A garantia que esse amor é infinito e faz o mundo inteiro amazoniar...

Eu sou boi-bumbá, Eu sou boi-bumbá
Sou Parintins, sou a raiz e coração de uma nação (2x)

Compositor: Enéas Dias e Arisson Mendonça

Letra enviada por Hadassa Burnett

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Boi Garantido no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS