Cãoera

Boi Caprichoso


O misterioso luar escarlate desperta
Das cavas sombrias
Senhores das nuvens sedentos por sangue
Ruflam suas asas nas brisas

Na sombra dos vales as brumas vagueiam
O ente da gruta oculta
É a hora soturna de aterrorizar
É homem, é fera, é criatura das trevas
Com o machado de pedra pra guerra
Na espreita obscura vai te devorar

Maculados, muras condenados
O sangue que corre em tuas veias é saciado
Por vampiros da noite, vis morcegos caçadores
Voam, revoam no manto das sombras
Voam, revoam com a fera medonha
Voam, revoam, vis morcegos caçadores

Cãoera, cãoera voa
Cãoera, cãoera voa
O líder das hordas das trevas revoa

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Boi Caprichoso no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS