Canto Caboclo

Boi Caprichoso


Terra mãe, que nos deu a criação
A inspiração na noite
Caprichoso de estrelas que brilham
No manto celeste
Irradiam e iluminam de azul
Esse chão de estrelas onde brinca meu boi

Arena de bravos guerreiros, contos e lendas
Rituais de glória
Onde a floresta nasce a cada amanhecer
Com os raios do sol, astro rei da vida

Traçando as sombras por onde passa
Na copa das árvores
Quebrando o silêncio dos igapós
Na voz rouca da mata
Lagos e furos

Acordando a selva, seiva da vida
O teu pranto calado
Renasce um sonho de um amanhecer

A cobra prepara o bote no rastro da onça pintada
O canto dos pássaros anuncia a revoada
O remanso das águas
Traz fartura em piracema
Sou o branco que canta, canta

Canta o índio, canta a tribo
Canta a floresta
Canta o caboclo parintintin
Canta a mãe natureza a preservação

Da nobreza da arte
Do criador das estrelas
Que o caboclo eternizou
Na testa do meu boi-bumbá
Caprichoso

Compositor: Ronaldo Bazi/wenderson Figueiredo/mauro De Souza

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Boi Caprichoso no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS