• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • PLAY

    Encontrou algum erro na letra ou tradução? Colabore com a gente clicando nas frases abaixo ou enviando uma correção completa »
    John Brown
    John Brown went off to war to fight on a foreign shore.
    His mama sure was proud of him!
    He stood straight and tall in his uniform and all.
    His mama's face broke out all in a grin.

    "Oh son, you look so fine, I'm glad you're a son
    of mine,
    You make me proud to know you hold a gun.
    Do what the captain says, lots of medals you will get,
    And we'll put them on the wall when you come home."

    As that old train pulled out, John's ma began to
    shout,
    Tellin' ev'ryone in the neighborhood:
    "That's my son that's about to go, he's a soldier
    now, you know."
    She made well sure her neighbors understood.

    She got a letter once in a while and her face broke into a smile
    As she showed them to the people from next door.
    And she bragged about her son with his uniform and
    gun,
    And these things you called a good old-fashioned war.

    Oh! Good old-fashioned war!

    Then the letters ceased to come, for a long time they did not come.
    They ceased to come for about ten months or more.
    Then a letter finally came saying, "Go down and
    meet the train.
    Your son's a-coming home from the war."

    She smiled and went right down, she looked everywhere around
    But she could not see her soldier son in sight.
    But as all the people passed, she saw her son at last,
    When she did she could hardly believe her eyes.

    Oh his face was all shot up and his hand was all blown off
    And he wore a metal brace around his waist.
    He whispered kind of slow, in a voice she did not
    know,
    While she couldn't even recognize his face!

    Oh! Lord! Not even recognize his face.

    "Oh tell me, my darling son, pray tell me what
    they done.
    How is it you come to be this way?"
    He tried his best to talk but his mouth could hardly move
    And the mother had to turn her face away.

    "Don't you remember, Ma, when I went off to war
    You thought it was the best thing I could do?
    I was on the battleground, you were home... acting proud.
    You wasn't there standing in my shoes."

    "Oh, and I thought when I was there, God, what am
    I doing here?
    I'm a-tryin' to kill somebody or die tryin'.
    But the thing that scared me most was when my enemy came close
    And I saw that his face looked just like mine."

    Oh! Lord! Just like mine!

    "And I couldn't help but think, through the
    thunder rolling and stink,
    That I was just a puppet in a play.
    And through the roar and smoke, this string is finally broke,
    And a cannon ball blew my eyes away."

    As he turned away to walk, his Ma was still in shock
    At seein' the metal brace that helped him stand.
    But as he turned to go, he called his mother close
    And he dropped his medals down into her hand.
    John Brown
    John Brown foi para a guerra para lutar em uma terra estranha.
    Sua mãe certamente estava orgulhosa dele!
    Ele ficou alto e bonitão em seu uniforme e tudo mais.
    Sua mãe se desmanchou em um sorriso.

    "Oh filho, você está tão bonito, fico feliz que você seja meu filho,
    Me deixa orgulhosa saber que você segura uma arma.
    Faça o que seu capitão diz e muitas medalhas você vai ganhar,
    E nós as penduraremos na parede quando você voltar
    para casa."

    Assim que o velho trem partiu, a mãe de John começou a gritar,
    Contando a todo mundo na vizinhança:
    "É meu filho que está prestes a ir, ele é um soldado agora, sabe."
    Ela se garantiu de que seus vizinhos entenderam.

    Ela recebia uma carta de vez em quando e se desmanchava num sorriso
    Enquanto as mostrava aos seus vizinhos.
    E se gabava de seu filho com seu uniforme e arma,
    E essas coisas que você chamava de uma boa e velha
    guerra.

    Oh! Boa e velha guerra!

    Então as cartas pararam de chegar, por um bom tempo elas não chegaram.
    Elas pararam de chegar por uns dez meses ou mais.
    Então uma carta finalmente chegou dizendo, "Desça e vá até o trem.
    Seu filho está voltando para casa da guerra."

    Ela sorriu e desceu, ela olhou todo mundo em volta
    Mas não conseguiu achar seu filho soldado em uma
    olhadela.
    Mas assim que todas as pessoas passaram, ela viu seu filho finalmente,
    Quando ela viu, ela mal conseguia acreditar nos seus olhos.

    Oh a face dele foi toda baleada e sua mão tinha sido toda arrancada
    E ele usava uma cinta de metal em volta de sua cintura
    Ele sussurrou meio devagar, em uma voz que ela não
    conhecia,
    Enquanto ela nem conseguia reconhecer o rosto dele!

    Oh! Senhor! Nem conseguia reconhecer o rosto dele!

    "Oh me diga, meu filho querido, por favor me diga o que eles fizeram.
    Como você ficou desse jeito?"
    Ele se esforçou para falar mas seus lábios mal conseguiam se mover
    E a sua mãe teve que virar o rosto.

    "Você não se lembra, mãe, quando eu fui para a guerra
    Você achou que era a melhor coisa que eu poderia
    fazer?
    Eu estava no campo de batalha, você estava em casa... orgulhosa.
    Você não tava lá no meu lugar."

    "Oh, e eu pensei quando eu estava lá, Deus, o que eu estou fazendo aqui?
    Estou tentando matar alguém ou morrer tentando.
    Mas o que realmente me assustou foi quando meu inimigo chegou perto
    E eu vi que o rosto dele era assim como o meu!"

    Oh! Senhor! Assim como o meu!

    "E eu não podia fazer nada além de pensar, através do trovão, rolando e fedendo
    Que eu era só um fantoche numa peça.
    E através do rugido e da fumaça, o barbante finalmente arrebentou,
    E uma bola de canhão explodiu meus olhos."

    Assim que ele se virou para ir embora, sua mãe, ainda estava chocada
    Por ver aquela cinta ajudando ele a ficar de pé
    Mas assim que ele se virou para ir, ele chamou sua mãe mais perto
    E soltou suas medalhas nas mãos dela.




    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Bob Dylan

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.