Legado

Black do Acordeon


Quando a pele da zabumba afinação não pegar
E a ferrugem do triângulo for ruer
E ao chegar a idade
A sanfona e eu não aguentar
Eu lhe asseguro, meu forró não vai morrer

Esse som que traz alegria
E te leva a querer dançar
No tilingar desse triângulo
No repique do zabumbá

A sanfona que vem sentida
Trazendo harmonia e paz
Desde que eu entrei nesta vida
Decidi, já não volto atrás

É por isso que fico aqui
Pois aqui eu me sinto bem
Rodeado por gente boa
Vou dançando meu xenhenhém

Vou vivendo assim tão feliz
Dessa vida eu não abro mão
Vou levando esse legado
Encravado em meu coração

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Black do Acordeon no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS