Página inicial > Rap > B > Black Alien > Identidade

Identidade

Black Alien

Babylon by Gus Vol II - No Princípio Era o Verbo


[Intro]
A identidade é... a identidade é
Sem identidade é... sem identidade é
A santidade é... Ih! A santidade é!
A entidade é, só é! Sem dente, é mané à pé
Na cidade a regra é
Em uma calça jeans cabem dois sacis
Eu ouço tudo que eu penso e você também




[Verso 1]
Vejo o fim do século Xx, Satisfação pro ouvinte,
no seu subconsciente com Da Vinci
Chego todo errado, mas acerto e sigo em frente
Um pouco lento pra este mundo e sua maneira urgente
Caneta na mão, enfrentar o papel em branco
Pistola na mão, enfrentar o guardinha do banco
Algum dano permanente me fará lembrar de ti
E você lembrar da gente

[Refrão]
Tempestade que virão, tempestades de verão
E eles sempre no encalço a cada voo que eu alço
Estardalhaço, ostentação, calúnia e difamação
E eles sempre no encalço a cada voo que eu alço
À cada voo, à cada voo
Deixa eu voar, eu vou voar

[Verso 2]
Verme me notam para baixo e de lá eu subo
A justiça é minha briga de bar, viram adubo
Gustavo Black Alien, eu tô no limite
No controle dos vários cheques que o meu ego emite
A pretensão é a água que irriga
O imenso jardim do seu rei na barriga
Arma, motivo e oportunidade
Meu espírito, minha alma e personalidade

[Refrão]
Tempestade que virão, tempestades de verão
E eles sempre no encalço a cada voo que eu alço
Estardalhaço, ostentação, calúnia e difamação
E eles sempre no encalço a cada voo que eu alço


[Verso 3]
Uma mente cheia de lembranças e seu brilho eterno
Versos nas paredes, guardanapos e cadernos
Se eu perder a razão, amigo, eu perco a razão
Então procuro me encontrar nos labirintos da reflexão
Eu sou fã número 1 da mesa com as cartas postas
Pode espalhar que eu tô na área, façam suas apostas
Se pensar em mim eu venho, se sonhar eu apareço
Se chamar eu vou e acho o endereço

[Refrão]
Tempestade que virão, tempestades de verão
E eles sempre no encalço a cada voo que eu alço
Estardalhaço, ostentação, calúnia e difamação
E eles sempre no encalço a cada voo que eu alço
À cada voo, à cada voo
A cada voo que eu alço
À cada voo, à cada voo
Deixa eu voar, eu vou voar

[Outro]
A identidade é... a identidade é
Sem identidade é... sem identidade é
A santidade é... Ih! A santidade é!
A entidade é, só é! Sem dente, é mané à pé
Na cidade a regra é
Em uma calça jeans cabem dois sacis
Eu ouço tudo que eu penso e você também

Letra enviada por João Cleber Pontes

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Black Alien no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS