Página inicial > Infantil > B > Bia Bedran > O Menino Que Foi Ao Vento Norte (conto Popular)

O Menino Que Foi Ao Vento Norte (conto Popular)

Bia Bedran

Bia Canta e Conta - Vol. 1


Uma vez um menino foi fazer compras para a sua mãe e
quando ele estava voltando para casa carregadinho de
compras...
- Não, não, vento! Não, ai esse vento vai me carregar!
Socorro! Minhas compras! Adeus! Adeus!
O vento carregou todas as compras do menino. E ele,
muito chateado, foi lá na casa do Vento Norte

reclamar:
- Como é seu Vento Norte?
Mas isso é coisa, oi, que se faça?
-O que é que eu vou dizer lá em casa pra mamãe?
-O que é que vou dizer lá em casa?
- Ora meu filho! Eu sou o Vento. Eu tenho que ventar!
Mas olha, em troca eu vou te dar uma toalha mágica.

Toda a vez que você quiser comer alguma coisa você
diz:
-Bota a mesa toalha. E ela vai colocar coisas
gostosas pra você. Vá menino, vá!
O menino ficou tão feliz com o presente. Foi embora
todo contente para mostrar para a mãe dele. Mas já
estava escurecendo e ele teve que dormir num hotel.
Quando ele chegou no hotel, ele testou a toalha. Então
ele disse assim:
- Bota a mesa toalha!

Hum! E apareceu bolo de fubá, queijadinha, pastel de
queijo, pastel de camarão, brigadeiro, tutu de feijão,
gelatina com creme, marshmello, sorvete de chocolate...
Nossa! O menino comeu tudo aquilo e foi dormir.
O dono do hotel era ladrão. Quando ele viu aquilo...
Ele não agüentou. Enquanto o menino dormia com a
toalha do lado, ele foi lá e trocou a toalha por uma
igual, mas que não era mágica.
O menino não sabia de nada. Foi correndo avisar a mãe
todo contente.
- Benção, mãe! Nunca mais nós vamos passar fome aqui
em casa! Olhe, a toalha é mágica. Foi o vento que me
deu:
- Bota a mesa toalha!

Essa toalha não era mágica e o menino, danado da vida,
foi correndo pra casa do Vento Norte reclamar:
- Como é seu Vento Norte?
Isso não é uma toalha mágica.
O que é que eu vou dizer lá em casa pra mamãe?
O que é que eu vou dizer lá em casa?
- Ora meu filho! Eu te dei uma toalha mágica sim, mas
já que você não tem mais a toalha eu vou te dar agora
um carneiro mágico. Toda a vez que precisar de
dinheiro você diz:
-Dinheiro carneiro! e ele vai te

dar moedas de ouro. Vá menino, vá!
Que presente! O menino ficou maravilhado. Mas foi
dormir naquele mesmo hotel. Quando chegou lá ele
testou o carneiro:
- Dinheiro meu carneiro!
Mil moedas de ouro apareceram. O menino ficou tão
feliz! Colocou o carneirinho pro lado e foi dormir.
O dono do hotel quando viu aquilo... O olho cresceu
mais ainda. Enquanto o menino dormia, ele foi lá e
trocou o carneiro... por um igual, mas que não era
mágico.
O menino não sabia de nada. Foi correndo no dia
seguinte avisar a sua mãe:
- Benção, mãe! Que alegria! Nunca mais vai faltar
dinheiro aqui em casa, mamãe. O carneiro é mágico.
Olha:
- Dinheiro carneiro!
E o carneiro olhava assim para o menino e só dizia
mé... mé... Dinheiro que é bom, nada!
E o menino, danado da vida, foi lá na casa do Vento
Norte reclamar:
- Como é seu Vento Norte?
Isso não é um carneiro mágico.
O que é que eu vou dizer lá em casa pra mamãe?
O que é que eu vou dizer lá em casa?
- Ora menino! Estão fazendo você de bobo. Veja bem: eu
vou te dar agora uma bengala mágica. Toda a vez que
você precisar de ajuda você diz:
-Socorro bengala! E
ela vai te socorrer. Vá menino, vá!
O menino não era bobo não. Ele foi para aquele hotel
só para fingir que estava dormindo. Colocou a bengala
ao lado e ficou assim esperando. Quando o dono do
hotel foi ali, pé ante pé para trocar a bengala por
uma que não era mágica...

- Socorro bengala! Dá-lhe bengala! Seu olho grande!
Devolve tudo pra mim. A toalha, o carneiro. Vai
bengala! Seu olho grande! Viva a bengala!
E o dono do hotel teve que devolver tudo. O carneiro,
a toalha e a bengala. E o menino voltou pra casa,
feliz da vida, com seus presentes.
E o menino voltou pra casa
com o carneiro, a toalha
e a bengala também.
Feliz da vida com seus presentes
e essa história termina bem.

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Bia Bedran no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS