Página inicial > Pagode > B > Bezerra da Silva > Se Não Fosse a Ajuda da Rapaziada

Se Não Fosse a Ajuda da Rapaziada

Bezerra da Silva

Maxximum: Bezerra da Silva


Aí, aí, aí, é isso aí!
É a Cpi aí!
Aí!
Tira o Pc daí e bota no banquinho!
Aí!
Vota em mim, certo?
Olha mas dizem que o homem só vale o que tem
Doutor vou lhe provar que eu não valho nada
Sou um faminto operário do salário mínimo
Tenho mulher e filho e moro em casa alugada
É aí que eu lhe pergunto o que seria de mim
Se não fosse a ajuda da rapaziada
Aí eu lhe pergunto o que seria de nós
Se não fosse a ajuda da rapaziada
Lá na minha bocada ninguém paga pedágio a malandragem é quem paga pra gente passar
Nossos filhos vão pra escola com todo material
E o sangue bom compra que dá pra criançada
É aí que eu lhe pergunto o que seria de mim
Se não fosse a ajuda da rapaziada
Aí eu lhe pergunto o que seria de nós
Se não fosse a ajuda da rapaziada
É o candidato caô só visita o morro
Quando é tempo de eleições
Chega dando beijos e abraços
Tapinha nas costas e aperto de mão
Depois que se elege emprega seus parentes
Pelo pobre favelado ele não faz nada
É aí que eu lhe pergunto o que seria de mim
Se não fosse a ajuda da rapaziada
Aí eu lhe pergunto o que seria de nós
Se não fosse a ajuda da rapaziada
Olha mas dizem que o homem só vale o que tem
Doutor vou lhe provar que eu não valho nada
Sou um faminto operário de salário mínimo
Tenho mulher e filho e moro em casa alugada
É aí que eu me pergunto o que seria de mim
Se não fosse a ajuda da rapaziada
Aí eu lhe pergunto o que seria de nós
Se não fosse a ajuda da rapaziada
Lá na minha bocada ninguém paga pedágio a malandragem
É quem paga pra gente passar
Nossos filhos vão pra escola com todo material
E o sangue bom compra que dá pra criançada
É aí que eu lhe pergunto o que seria de mim
Se não fosse a ajuda da rapaziada
Aí eu lhe pergunto o que seria de nós
Se não fosse a ajuda da rapaziada
O candidato caô só visita o morro
Quando é tempo de eleição
Chega dando beijos e abraços
Tapinha nas costas e aperto de mão
Depois que se elege emprega seus parentes
E pelo pobre favelado ele não faz nada
É aí que eu lhe pergunto o que seria de mim
Se não fosse a ajuda da rapaziada
É doutor to perguntando o que seria de nós
Se não fosse a ajuda da rapaziada
Sabe estou lhe perguntando o que seria de mim
Se não fosse a ajuda da rapaziada
Ih de mim!
Se não fosse a ajuda da rapaziada
É to-pa-que-com-que-mim
Se não fosse a ajuda da rapaziada
São Bento!
Olha aí to perguntando o que seria de nós
Se não fosse a ajuda da rapaziada

Letra enviada por Ricardo Alves Cabral

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Bezerra da Silva no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS