Página inicial > Pagode > B > Bezerra da Silva > Preconceito de Cor

Preconceito de Cor

Bezerra da Silva

Justiça Social


Eu assino embaixo doutor
Por minha rapaziada
Somos crioulos do morro, mas ninguém roubou nada
Isto é preconceito de cor ( vou provar ao senhor )

Vê se dá um refresco
Isso não é pretexto pra mostrar serviço
Eu assumo o compromisso
Pago até a fiança da rapaziada
Porque é que o doutor não mete o grampo
No pulso daquele colarinho branco
Roubou o ouro de toda serra pelada
Somente o doutor que não sabe de nada

Porque o senhor não prende aquele careta
Que só faz mutreta e só anda de terno
Mas o seu nome não vai pro caderno
Ele anda na rua de pomba rolou
A lei só é implacável pra nós favelados
E protesto o golpista
Ele tinha que ser o primeiro da lista
Se liga nessa doutor

Compositor: Bezerra Da Silva

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Bezerra da Silva no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS