• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Informações do Álbum Coleção Bambas Do Samba - Meu Samba É Duro Na Queda
    1. Sai Encosto
    2. A Fumaça Já Subiu Pra Cuca
    3. Seja O Que Deus Quiser
    4. Meu Samba É Duro Na Queda
    5. Negro De Verdade
    6. Venta Nervosa
    7. Virus Da Corrupção
    8. Ele Cagueta Com O Dedão Do Pé
    9. Eu Não Vou Pedir Maleme
    10. Bangu I
    11. Desabafo Do Juarez Da Boca Do Mato
    12. Meta A Mão Que Tu Vai Ver
    13. Malandro Consciente
    14. Este Homem É Inocente
    15. Vigia Sagaz

    x
    Ver discografia completa »
    Play
    PLAY

    Sou negro
    E peço, me trate direito
    Eu exijo mais respeito
    Pois também sou cidadão
    Vá prestando atenção!
    Não nego
    Sou carente de riquezas
    Mas tu podes ter certeza
    Não aturo humilhação

    Não nego
    Sou carente de riquezas
    Mas tu podes ter certeza
    Não aturo humilhação

    A minha dignidade dinheiro não compra
    Tudo que tenho na vida fiz por merecer
    Eu não compreendo o motivo da sua revolta
    Se eu sempre fui à luta
    Pra poder sobreviver

    Com garra, provei para o mundo que posso vencer
    E o seu preconceito e recalque só me faz crescer
    Cansei de ser discriminado só por ser da cor
    E agora eu vou cobrar com juros o meu justo valor

    Tô dizendo sou negro!

    Sou negro!
    E peço me trate direito
    Eu exijo mais respeito
    Pois também sou cidadão
    Vá prestando atenção

    Não nego
    Sou carente de riquezas
    Mas tu podes ter certeza
    Não aturo humilhação

    A minha dignidade dinheiro não compra
    Tudo que tenho na vida fiz por merecer
    Eu não compreendo o motivo da sua revolta
    Se eu sempre fui à luta
    Pra poder sobreviver

    Com garra, provei para o mundo que posso vencer
    E o seu preconceito e recalque só me faz crescer
    Cansei de ser discriminado só por ser da cor
    E agora eu vou cobrar com juros o meu justo valor

    Tô dizendo: sou negro!

    Sou negro!
    E peço me trate direito
    Certo!
    Eu exijo mais respeito
    Pois também sou cidadão
    Vá prestando atenção

    Não nego
    Sou carente de riquezas
    Mas tu podes ter certeza
    Não aturo humilhação

    Não nego
    Sou carente de riquezas
    Mas tu podes ter certeza
    Não aturo humilhação
    Olha aí, mas eu não nego
    Sou carente de riquezas
    Mas tu podes ter certeza
    Não aturo humilhação

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Bezerra da Silva

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.