Página inicial > Pagode > B > Bezerra da Silva > Na Boca do Mato

Na Boca do Mato

Bezerra da Silva


Corcoviei
Corcoviei, saltei de banda e fiquei miudinho
Escorreguei, saí de fininho
Eu esqueci que na cana tem nó
É que eu fui convidado por dona Didi
Pra curtir um barato lá na sua "caxanga"
Na boca do mato e quase fecharam meu palitó

Corcoviei
Corcoviei, saltei de banda e fiquei miudinho...

Eu estava na minha bebendo uma "cerva",
Comendo, "ciscando" e pintou um negão
Todo ignorante e ela toda sem graça este é meu marido
A salvação é que eu não sou bobo
Aprendi na Bahia jogar capoeira
Com sabedoria, senão meu compadre eu estava perdido

Corcoviei
Corcoviei, saltei de banda e fiquei miudinho...
Corcoviei
Corcoviei, saltei de banda e fiquei miudinho...

Eu estava na minha bebendo uma "cerva",
Comendo, "ciscando" e pintou um negão
Todo ignorante e ela toda sem graça este é meu marido
A salvação é que eu não sou bobo
Aprendi na Bahia jogar capoeira
Com sabedoria, senão meu compadre eu estava perdido

Corcoviei
Corcoviei, saltei de banda e fiquei miudinho...

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Bezerra da Silva no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS