Página inicial > Sertanejo > B > Belmonte e Amaraí > Por Ser Vagabundo

Por Ser Vagabundo

Belmonte e Amaraí


Eu não tenho parentes, nem amigos
Eu vivo sozinho por este mundo
E as pessoas que passam por mim
Viram o rosto por eu ser vagabundo

Ninguém sabe que eu sendo tão pobre
Eu vivo contente com meu sofrimento
Como amigo eu tenho a lua
O sol e as estrelas e os quatro ventos

Eu não quero ninguém que me queira
E a ninguém eu vou implorar
Sou mais livre que todas as ondas
Que beijam as praias e voltam pro mar

Eu não devo e ninguém me deve
Eu vivo a vida sem preocupação
Vem a noite, amanhece o dia
Eu vou pelo mundo cantando uma canção

Eu caminho pela cidade
Se estou cansado eu paro na esquina
Pra esquecer o meu sofrimento
Eu bebo sozinho em qualquer cantina

Eu não quero ninguém que me queira
E a ninguém eu vou implorar
Sou mais livre que todas as ondas
Que beijam as praias e voltam pro mar

Compositor: Ernesto Juarez - versão: Miltinho Rodrigues

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Belmonte e Amaraí no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS