Amor Platônico

Belmonte e Amaraí


A menina que eu adoro
Entreguei meu coração
É uma linda moreninha
Delicada de feição

Eu a amo, ela me ama
Com amor e com carinho
Ela me chama, meu bem
Eu a chamo, meu benzinho

Meu amor não mora aqui
Mas da memória não sai
Assim nós vivendo além
A saudade vem, a saudade vai

Quanto mais o tempo passa
Mais eu morro de paixão
Por esta coisinha fofa
Dona do meu coração

Eu vivo na esperança
Dela me telefonar
Dizendo, meu amorzinho
Nada vai nos separar

Meu amor não mora aqui
Mas da memória não sai
Assim nós vivendo além
A saudade vem, a saudade vai

Meu amor não mora aqui
Mas da memória não sai
Assim nós vivendo além
A saudade vem, a saudade vai

Compositor: Tribeck

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Belmonte e Amaraí no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS