A Moça da Noite

Belmonte e Amaraí


Sentada no trono vazio da noite
Enganando o tempo a moça está
Sem ver o futuro que tanto sonhava
É uma escrava naquele lugar

No palco da vida ela é uma atriz
Agrada a todos, mas não é feliz
De dia ela dorme poupando seu corpo
E todos a chamam a dama da noite

Pra muita gente
Seu trabalho é normal
Sei que ela mente
Pra não ser antissocial

Moça bonita
A um anjo se assemelha
Mas na casa onde trabalha
Todas as luzes são vermelhas
Mas na casa onde trabalha
Todas as luzes são vermelhas

Compositor: Amaraí, Paulo Rogério e Cungadim

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Belmonte e Amaraí no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS