Die Geschichte Einer Mutter (tradução)

Bel Canto


A história de uma mãe


Ela tinha um filho

tão fraco, como uma semente sob a neve

Então, alguém bateu na porta

entrou, tomou o pequeno e saiu

Não era a morte

Diga-me, noite e água

Wo'st meu filho

Tente ir pela floresta

E você pode encontrá-lo

A mãe chorou

E eles correram pela floresta tão profundos

Ela viu uma estufa lá fora

Fui lá, eles sentiram que seu filho estava lá

Diga-me, jardineiro sábio

Wo'st meu filho

busca sob as flores

E você pode encontrá-lo

Ela encontrou seu filho

pequena semente, com um pulso tão fraco

Então, a morte entrou na estufa

Estava frio, as mãos frias como gelo

Olha, pobre mãe

um favorito

nunca tinha vivido saudável e feliz

dá-me dessa gêmulas, por favor

E seu coração mandar ruh


Die Geschichte Einer Mutter


Sie hatte ein Kindlein

So schwach, wie ein Keim unter'm Schnee.

Dann klopfte jemand an die Tür

Kam herein, nahm den Kleiner und fuhr

...Es war der Tod

Sagt mir, Nacht und Wasser

Wo'st mein Kind?

Geh mal durch die Wälder

Und du findest's.

Die Mutter, sie weinte

Und sie lief durch die Wälder so tief.

Sie sah ein Treibhaus dort fern

Ging dahin, sie spürte ihr Kind war da.

Sag mir, weiser Gärtner

Wo'st mein Kind?

Such mal unter'n Blumen

Und du findest's.

Sie fand ihr Kindlein

Kleiner Keim, mit dem Puls so schwach.

Dann kam der Tod in das Treibhaus,

Es blieb kalt, ihre Hände kalt wie Eis.

Hör mal, arme Mutter

Dein Liebling

Hätte nie gesund und froh gelebt.

Reich mir dieses Keimchen, bitte dich

Und sein Herzchen sende ruh.


Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS