Pão de Gestos

Beatriz da Conceição


Cresce farto e dourado
Por esses campos, o pão
E há tanto mal espalhado
No gesto de cada mão

Cada mão, cada senhor
Fazendo gestos à gente
Como se gestos na dôr
Fossem do pão a semente

A semente que germina
Gesto bom na semeada
E transforma cada sina
Numa cruz menas pesada

Menos pesada que aquela
Que o povo tem carregado
Sem saber se será nela
Um dia, crucificado

Compositor: Torre da Guia e Álvaro Martins

Letra enviada por Mário Rodrigues

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Beatriz da Conceição no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS