Boneca

Banda Uó

Veneno


Boneca

Eu sou escrava do seu amor
O que me resta é aceitar
Mas sempre que olha assim pra mim
Você me enche até eu dizer sim
E sufoca me aperta tanto até perder meu ar

Te usei de uma forma errada
Brinquei com o todo além do seu coração

E agora eu sei meu bem
Que essa boneca me fez um grande refém
Desistir desse amor, assim
Pode ser pra sempre aquilo que tem fim

Eu sou escrava do seu amor
O que me resta é aceitar
Sabe sempre que é fácil me ter
Fico tão vazia sem você
Seu segredo fica só comigo
E pra sempre será

Te usei de uma forma errada
Brinquei com o todo além do seu coração

E agora eu sei meu bem
Que essa boneca me fez um grande refém
Desistir desse amor, assim
Pode ser pra sempre aquilo que tem fim

Sua língua é a estrela que faltava
No céu da minha boca
Nada é mais inflável
Que a paixão barata
É senha sem razão

Que essa boneca me fez um grande refém
Desistir desse amor, assim
Pode ser pra sempre aquilo que tem fim

E agora eu sei meu bem
Que essa boneca me fez um grande refém
Desistir desse amor, assim
Pode ser pra sempre aquilo que tem fim

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Banda Uó no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS