Vida Real

Banda Notívagos


O que te deixa confuso
É o que te faz mergulhar
Nadar é fazer bom uso
Eu ja não sei
Difícil é não se afogar
Mas tem quem nada profundo
Esperando se salvar
Foi o que pensei
Ah, e se for aquilo mesmo que procura
Se quer a cura pros que tem a reação
Se não atrai, só não cai em tentação
Só não cai em tentação
Como são tão difíceis
Sonho cada um ir atrás
Mas, ideais que persistem, insistem
Várias formas de se ter paz
Então, joga primeiro que cedo foi atrás
A história não é essa, começa a ver o que tem por trás
Desta cortina da vida real
O que começa termina, mas não termina igual
Se jogam fora porque jogar também
Agir como quer com o resultado que obtém

É assim ó
Quer ter atenção, não
Busque o seu, não leva a sério
Qual seria o seu critério, percebeu
Quem no mistério recebeu sua parte
Então na me encaixem nesse plano seu
Todo mundo caminhando de cabeça
Enquanto uns estão lutando, outros pagam preço
Pelo esforço reconheço
E por pouco que eu preciso eu agradeço
Do que vale estar vivo e considerar-se morto
Sem plantar sementes
Sufoco, sufoco
E ver apodrecer os frutos aos poucos
Pelas idéias dos outros

Dividir por igualdade não quer
Pelas palavras que você não diz
Isso pra mim não vale nada no fim
Ta aí pra quem quiser ver (x2)

Se penso em mente é errado
Ta todo mundo cansado
Mas tamo junto
A igualdade no seu fim vai pelo ralo
Ta ai pra quem quiser
Sinceramente é loucura
Falar que vai achar cura
Como se fosse um vicio
Suas palavras são verdade nua e crua
Isso começa do princípio de ir pra rua então
Pede maluco, cê tá com sede de muro
Tu é sinistro
O interesse de correr pelo teu rumo
Ficar parado a cabeça entra em curto
Se a perigo no momento acende a vela
Pede e implora pro teu santo que interessa
Avisa, vem de longe
Quem entra nesse bonde
Respeita o interesse
Quem ensina e quem interrompe
Escuta maluco
A igualdade e o consumo, haha
São paralelos que já não conversam juntos
Talvez acabe esquecendo do assunto

Isso pra mim é normal
As palavras que você não diz
Se a esperança é você
Ta aí pra quem quiser ver (x2)

O que te deixa confuso
É o que te faz mergulhar
Nadar é fazer bom uso
Eu ja não sei
Difícil é não se afogar
Mas tem quem nada profundo
Esperando se salvar
Foi o que pensei

Compositor: Guilherme Souza, Baloy

Letra enviada por Notívagos Banda

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Banda Notívagos no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS