Sucumbir

Banda Notívagos


E ai
Sucumbir
Você não pode negar da coisas que eu vi
Um pai chorando a morte do seu filho eu vi
Almas que em vida não conseguiram resistir
Vivendo em confronto na terra aonde eu nasci, vai
E quanto tempo se passou
E mais uma vez que eu tentei e o trampo não virou
Mais que desgosto
Preparado estamos pra poder mostrar pros outros
Assuma o seu posto nessa batalha
Analise o oponente se não o navio encalha
Crente de quê, de quê?
Comida farta hoje no prato numa terra onde os ratos governam
Que só pensam em cifrão
Com tanto problema que o esquema é falar disso na outra sessão
Na outra sessão

Toda conquista
Resista e insista
Sonhos entraram na lista (x2)

E são varias consequências
Que você não vê, mesmo estando em evidência
E aí senhor, dai-me paciência
Tudo se conquista se for (x2)

Eles não querem nos deixar pensar parceiro
Eles não querem

Quebrar barreiras para ver, só pensar maior
Nos ofuscam para ter um lucro maior
Fico na praça pra entender, pra entender
Eu não sei o que é pior

Tudo se conquista, essa é a batalha
Afrontar os medos, desafios dessa jornada
Coitado aquele que sucumbir
Esperança existe, mesmo sendo triste
Atenção, para o alerta vermelho
Atenção, enfrentai os seus medos
Não desistirás sagaz homem da rua
Tem de acreditar, jamais correr da luta

Toda conquista
Resista e insista
Sonhos entraram na lista (x2)

Compositor: Guilherme de Souza, Baloy

Letra enviada por Notívagos Banda

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Banda Notívagos no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS