Página inicial > Rock > B > Banda ContraPlano

MIX DE MÚSICAS

FOTOS

banda-contraplano - Fotos
banda-contraplano - Fotos

A Contraplano foi formada em junho de 2015, por acaso. Amigos em comum, Christiano, Fabio, Lacerdes e Ricardo, mesmo sem nunca terem tocado juntos, toparam fazer uma versão da música Exagerado, com o objetivo de participar da promoção da Rádio Cidade Fm (Rj), ação comemorativa aos 30 anos do hit do Barão Vermelho. A "liga" foi boa e as reuniões continuaram até aparecer o desejo em comum de seguir com a banda para um trabalho autoral, dando vazão às ideias que já sinalizavam para um rock crítico e inteligente. Com essa proposta, depois de mostrar suas canções para grupos de amigos, a Contraplano logo de cara foi convidada para a apresentação da banda australiana Spy vs Spy, em sua passagem pelo Brasil em setembro de 2015.

Logo na sequência, a banda causou furor nas mídias sociais ao lançar em 28 de novembro de 2015 o single Lama Pesada, que trouxe o tema do desastre ocorrido com o rompimento da barragem em Mariana, menos de um mês antes. A canção então correu rapidamente a internet e foi ouvida pelo jornalista Ricardo Boechat, o qual apresentou a música no programa da rádio de notícias Bandnews Fm no dia 9 de dezembro de 2015, tocando trecho da música em rede nacional, creditando à banda a primeira manifestação da Mpb sobre a tragédia mineira. Ainda por conta do sucesso dessa canção, a Rádio Cidade Fm (Rj) incluiu Lama Pesada na lista do programa "A Vez do Brasil" no dia 9 de janeiro, dando ainda mais força à crescente exposição da banda que então passou a contar com o apoio das mídias impressa e televisiva da região serrana do Rio de Janeiro.

Em seguida a Contraplano se inscreveu no Festival Coletânea Rock Brasil, importante festival de abrangência nacional, onde concorreu com outras 84 bandas de 4 regiões do país. O festival, pelo seu modelo de priorizar um trabalho e não apenas uma música, proporcionou a banda mostrar mais das outras canções que já faziam parte do seu repertório, mas ainda sem espaço para serem mostradas em execuções ao vivo. Com o formato de pocket shows e de caráter eliminatório, as etapas foram sendo vencidas uma-a-uma, culminando com sua participação na final nacional do festival.

O coroamento do trabalho produzido durante esses agitados primeiros movimentos da banda se deu com a apresentação no Teatro Sesc Teresópolis, que contou com participação especial de Marcelo Hayena. Apadrinhada pelo líder e vocalista da banda Uns e Outros, a Contraplano surpreendeu o teatro lotado com um show emocionante, onde foram mostradas apenas canções autorais da banda, passeando por um repertório versátil, trazendo desde uma pegada mais crítica, até baladas com letras inteligentes, as quais foram muito bem recebidas por público e crítica.

A banda finaliza seu primeiro álbum chamado "Cores no Escuro" com previsão de lançamento para meados de 2017, o qual trará participações de peso. A banda também já trabalha nas composições do segundo álbum e dessa forma pretende se estabelecer no cenário musical apoiada numa intensa produção artística, mesmo diante das dificuldades que o gênero rock passa atualmente para veicular nas grandes mídias.