Quem Sobra

Asfixia Social


Senhoras e senhores
apresento-lhes um mundo inovador
São Bernardo, Diadema, Grajaú, interior
De todos os cantos. Com todo respeito
a todos os ritmos

7 bilhões de pessoas na lista. Pode peneirar
vamo ver quem vai sobrar
Dólares, trilhões, a perder de vista
Pode jogar, que os manos vão se matar

Pode pegar uma jaula, e trancar
7 bilhões de pessoas vão se matar
E quando tiver lá
pode apelar até pro espírito salvar
Que o plano físico, já era. Está no domínio
São os juízes mais bem pagos pela corte
Pra fazer parecer que existe luz
na escuridão
Eles não tão de brincadeira
Sangue bom? É o seu, no ritual
E só vai sobrar os ratos. Ha!
E a fome nunca acabará, o motivo é claro
É pra servir tipo ameaça pra quem já
teve a cabeça sequestrada, lobotomizada
extração cerebral, do tipo energia negativa
pro indivíduo ter medo e não se coletivizar
Impregnada na cadeia alimentar

De 7 bilhões, agora sobram 1, 2

3 bilhões de pessoas na lista! Pode peneirar, vamo ver quem vai sobrar
Dólares, trilhões. A perder de vista
Pode jogar, que os mano vão

E se o jogo é vencer na vida
sem ver a vida passar
3 bilhões tão correndo pra jogar
Correndo atrás da idéia se acostuma a correr
O sonho vira ratoeira e a regra é se matar
No mundo todo se vê. A mesma fita
o tabuleiro
Tempo e dinheiro, e os vencedores frustrados
Fácil começa a se iludir
vai ser refém, até temer
Tremer na base, na insegurança do seu ouro corroer
Declaramos então não fazer parte do teu preço que te assombra
então se arromba pelo topo que teu tombo é logo mais
tarde
Mas não falha, Mas não falha. Descartamos 2 bilhões até de falsos Mcs
Em entrelinhas cheias. Eu faço a convocação! Pra pensar... a mensagem é o alicerce pode peneirar

1 bilhão de pessoas na lista! Pode peneirar, vamo ver quem vai sobrar
Dólares, trilhões. A perder de vista
Pode jogar, que os manos vão

1 bilhão, como no século Xvii
Então volte mais a fita e verá: eles vem da antiguidade
Illuminati: Colonização dos nossos povos por grupos organizados
Verá: Maçonaria, fez a lei. Tá na tua cidade
o esquadro, o compasso, o monumento, o Rotary
Rodou, otário. Cê tá na mão de quem, está vendo, analisando
e tem uma lista pra dificultar e destruir
O sonho de um bilhão, ao explorar a classe E-squecida
Correr pelo mérito sem condições iguais
Disputa injusta pelo privilégio
Morra lutando, ou descanse em paz
Pois alimento vai além do pão. Ative a visão como a peneira pra reconstrução

Eu tenho um bilhão na mão, e quem é o próximo da lista?
Dj

Pode peneirar. Vamo ver quem vai sobrar
Dinheiro. A perder de vista
Jogar no tabuleiro. Os "verme" vão se matar
Se Jogar no tabuleiro. Os "verme" vão se matar

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Asfixia Social no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS