Invasão

Asfixia Social


O povo da periferia grafitando a rua
A madame de itaim nunca viu uma pele escura
Só na cozinha? só na viatura?
Agora ela vai ver o punk, a fala dura
Eu cuspo fogo! eu não sou domesticado
E eles querem que você seja um cachorro do estado
Do empresário, querem acalmar o favelado?
Não, meu irmão
Então fica ligado: queima itaim, playboy nós pega de oreia

Sai da frente que o povo vem aí
Se esconda madame que a bomba vai explodir
Os militantes de antonio, de canudos e zumbi
Periferia toma conta das ruas

O sistema segue as regras de um grupo que comanda
Mas nas ruas de são paulo um rebelde se levanta
O microfone é a revolta, uma arma na mão
Periferia, justiça, irmandade e união
O povo com fome e eles de barriga cheia
A gente trabalha, eles celebram a ceia?
O punho é resistência, babylon incendia
Queima itaim, playboy nós pega de oreia

Sai da frente que o povo vem aí
Se esconda madame que a bomba vai explodir
Os militantes de antonio, de canudos e zumbi
periferia toma conta das ruas de itaim bibi

Ó deus, eu só queria ser pacífico
Ó deus, porque eu sou tão violento?
A minha fúria eu propago como o vento

Compositor: Kaneda e Arcenio

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Asfixia Social no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS