Tóxico Romance

As Bahias e a Cozinha Mineira

Tarântula


Vem cá
Deixa eu te falar uma coisa

Tóxico romance
Foi o nosso lance na madrugada
Tentei te seduzir e fugir
Mas as minhas pernas fracas faziam graça

Abri tua calça
Lambi o juízo que estava perdido na minha risada
Deixei teus olhos seguirem minha boca
Como se eu fosse louca
Engoli sua espada

Tóxico romance
A noite foi um transe, dance
E o meu edredom te embalava
Tóxico romance
Era tudo escondido, proibido
E isso me penetrava

Tóxico romance
Era tudo escondido e eu te roçava
Acendi um cigarro, esfumacei seu rosto
Assaltei seu pescoço, suguei sua estrada

Tóxico romance
Meus olhos nos seus olhos, nossa jornada
Sua mão roubando todo o meu corpo
Sua voz de homem rouco me encheu de água

Tóxico romance
A noite foi um transe, dance
E o meu edredom te embalava
Tóxico romance
Era tudo escondido, proibido
E isso me penetrava

No sofá da sala, pelo seu colchão
Livre como as suas roupas
Que eu joguei no chão
Foi de corpo e alma, mente e coração
Mente quando me desmente
Que não foi paixão, que não foi atenção máxima em cada tendão
Ataque cardíaco e ressurreição
Eu na cela solitária da sua prisão
Já não tão solitário, claro que não
Já pedi para avisar que eu não volto
Então guarde seus sentimentos em vão
Hoje eu posso te amar pela eternidade
Amanhã já não faço questão
Tóxico, mas não pro pulmão
Dióxido de tesão
Ácido ávido a ter a visão do lustre do seu quarto
Entre os cachos da sua permissão

Tóxico romance
A noite foi um transe, dance
E o meu edredom te embalava
Tóxico romance
Era tudo escondido, proibido
E isso me penetrava

Tóxico romance
A noite foi um transe, dance
E o meu edredom te embalava
Tóxico romance
Era tudo escondido, proibido
E isso me penetrava

Tóxico
Tóxico
Tóxico

Compositor: Raquel Virgínia, Projota

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a As Bahias e a Cozinha Mineira no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS