Tanto Faz

Artemisia


Ah, ah, ah, ah...
Ah, ah, ah, ah...

Queria saber se ainda vou te encontrar
Contento com gestos um simples olhar
Pode ser quem sabe a Ășltima vez
Me diz um sim, senĂŁo um talvez
Ah, ah, ah, ah... VocĂȘ mentiu pra mim
Ah, ah, ah, ah... SerĂĄ que Ă© esse o fim
Ah, ah, ah, ah... Meu caso, uma balada.
Ah, ah, ah, ah... VocĂȘ pra mim e mais nada!

Oi, tudo bem, como vai?
Espera volta nĂŁo, nĂŁo sai.
Corpo no chão, estendido aos teus pés.
Sem vida, duro e sob papéis.
Ah, ah, ah, ah... VocĂȘ mentiu pra mim
Ah, ah, ah, ah... SerĂĄ que Ă© esse o fim
Ah, ah, ah, ah... Meu caso, uma balada.
Ah, ah, ah, ah... VocĂȘ pra mim e mais nada!

Se te olhar Ă© uma saĂ­da
NĂŁo hĂĄ mais volta, vĂŽo sĂł de ida.
Classe econĂŽmica, primeira vez.
Por vocĂȘ eu deixo de ser um burguĂȘs

Tudo passa sem vocĂȘ olhar pra trĂĄs
Se eu me desfaço pra vocĂȘ tanto faz

(SOLO)

Ah, ah, ah, ah... VocĂȘ mentiu pra mim
Ah, ah, ah, ah... SerĂĄ que Ă© esse o fim
Ah, ah, ah, ah... Meu caso, uma balada.
Ah, ah, ah, ah... VocĂȘ pra mim e mais nada!

Tudo passa sem vocĂȘ olhar pra trĂĄs
Se eu me desfaço pra vocĂȘ tanto faz

Compositor: Eduardo Mesquita

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta mĂșsica

Ouça estaçÔes relacionadas a Artemisia no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS