Poesias

Aroldo Amer


Não sei de onde você veio, nem sei como você é
Tem um jeito diferente de outras mulheres
Esse brilho nos seus olhos, me perturba o coração
O seu jeito me seduz, to morrendo de paixão

Refrão

Aonde foi, todo brilho do amor
Que existia entre nós, será que apagou
Já fui poeta do amor
Poesias entre nós, sempre existirão
-x-
Foi você que me ensinou, o gesto lindo do amor
Pouco a pouco fui feliz, até me apaixonei
Desfrutando seus carinhos, de uma forma especial
Com você sempre por perto, foi que aprendi amar

Letra enviada por Aroldo Amer

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Aroldo Amer no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS