Tacape

Arnaldo Baptista

Let it Bed


Vou tentar amá-la
Como se fosse voltar
Vou acordar no vinho
Com vontade de chorar
Isso é a ameaça
De quem pensa em você
Desde que nasceu
Mas o tempo passa
E eu afundei na lingerie
Oh, oh, um navio cheio de loiras
Oh, oh, como eu gosto de lutar
E então numa canção
Vou fazer jamming no altar
E até nos helicópteros
Há essa vontade de voltar
Pro tacape imenso
Para a caça ou para o mar
Vou pescar sua alma e lutar
Dentro da armadura
No cavalo na ilusão
Sentada em sêda pura
Dá vontade de matar
Só por seu amor
Esqueço as vezes de Deus
Que rola em sua cama
E se apóia com vagar
Oh, oh, um navio cheio de loiras
Oh, oh, que vontade de matar
E joga-me sua lança
Pro meu dedo dissipar
Sinto que romper a carne
É até mais fácil que nadar
Mas o beijo quente
Explode meu sonhar
E acordo em casa às voltas com você

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Arnaldo Baptista no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS