Arlindo Cruz
Página inicial > Samba > A > Arlindo Cruz > Samba Sem Fronteira

Samba Sem Fronteira

Arlindo Cruz


Chega mais chega mais chega mais
O samba não tem hora prá acabar
Tem muita mulher bonita
Tá chegando gente de todo lugar
Hoje eu só vou embora
Quando o dono do bar espulçar

Quando o dono do bar espulçar
Quando o dia clarear
Quando o dono do bar espulçar
Quando o dia clarear

Tá chegando gente do capão
Tá chegando os irmãos
Do jardim apurá
Tem gente do morumbi
Do itaim bibi
Tem gente de mauá
O samba só tá comersando
E já tá bombando
O bicho vai pegar

Tem gente lá do ipiranga
Com as pernas bambas
De tanto dançar
Tem gente do alto da mooca
Da vila prudente
Do arujá
Hoje é só alegria
Eu só vou embora
Quando o sol raiá

Quando o dono do bar espulçar
Quando dia clarear
Quando a minha namorada ligar
Quando a mamãe telefonar

Tem gente da vila olimpia
Vila madalena
Tem gente do braz
Hoje não tem prá ninguem
O samba tá lindo demais

Ta vendo
Aquela galera
Veio de itaquera nos prestigiar
É por isso que eu só vou embora
Quando o dono do bar espuçar

Quando odono do bar espulçar
Quando o dia clarear
Quando o dono do bar espulçar
Quando o dia clarear

Levante as mãos
Quem for da zona norte
Levante as mãos
Quem for da zona oeste
Levante as mãos
Quem for da zona sul
Levante as mãos
Quem for da zona leste
Meu samba não tem fronteira
Ta lindo gostoso
Virado na peste

Tem gente da vila sonia
Do morumbi
Da chacara flora
Por isso não saio daqui
É por isso que eu não vou embora

Tá vendo
Aquela galera
Só tem nego fera
Só tem nego bamba
Por isso eu sou feliz
Por isso amanheço no samba

Levante as mãos quem for da zona norte
Levante as mãos quem for da zona oeste
Levante as mãos quem for da zona sul
Levante as mãos quem for da zona leste
Meu samba não tem fronteira
Tá lindo gostoso virado na peste (repete

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Arlindo Cruz no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS