Arlindo Cruz
Página inicial > Samba > A > Arlindo Cruz > Poema Aos Peregrinos de Fé

Poema Aos Peregrinos de Fé

Arlindo Cruz


No toque do agogô
Eu vou com fé e amor
E pode acreditar
A fé não costuma falhar

Andar com fé
Na minha peregrinação
Vai ter muita festa, muita emoção
Além dos limites da religião imperiano
Sambista devoto do santo guerreiro
Passo na avenida em romaria
Buscando a vitória, levando alegria
Lá vou eu

Vou no pau de arara, de chapéu de palha
Barriga vazia purificação
Cheio de esperança, sai pra lá pecado
Tô de corpo e alma nesta procissão

Por todos os cantos, com todos os santos
Valei-me padim ciço, oxalá nossa senhora
Tá na hora, adorando minha escola
Peço a deus pra abençoar
Hoje a fantasia é o manto
Nossa sinfonia um encanto
Meu samba nunca vai morrer
E a serrinha vem dizer
O branco é a paz e o verde é esperança
De ver o mundo só fazer o bem
Senhor rogai por nós amém

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Arlindo Cruz no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS