Arlindo Cruz
Página inicial > Samba > A > Arlindo Cruz > Pára de Paradinha

Pára de Paradinha

Arlindo Cruz


Se liga no papo, xará
Sem essa você vai quebrar
Você vem com briga
Tem sempre uma intriga pra me perturbar

Não venha com esse caô
Que a vida foi feita pra amar
Segura a tua barra
E para de marra pra não se atrasar

Vê se anda na linha
Pára de paradinha
E não vem com gracinha
Você tem que se modificar

Quero dizer que pra você pintou sujeira
Corre na cidade inteira
Que o bicho vai pegar
Não vai chorar igual Maria Madalena
Vagabundo não tem pena
De quem vive a vacilar

Vê se anda na linha
Pára de paradinha
E não vem com gracinha
Você tem que se modificar

Preste atenção que o pessoal da Piedade
Cheio de sagacidade
Anda louco pra te ver
Vê se devolve a grana da comunidade
Que é pra não virar saudade
É verdade, podes crer!

Entrou no jogo duro na Vila da Penha
Trunfo é palma, dele é lenha
Jogou rei, puxaram ás
Saiu voado, ô mané vê se te manca
Olha que o dono da banca
Já mandou correr atrás

Vê se anda na linha
Pára de paradinha
E não vem com gracinha
Você tem que se modificar

Vacilação foi na tendinha do Salgueiro
Abriu conta sem dinheiro
Dando o golpe do cartão
E no final virou motivo de esculacho
Foi descendo o morro abaixo
Levou tapa e sugestão

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Arlindo Cruz no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS