Arlindo Cruz
Página inicial > Samba > A > Arlindo Cruz > Nem Tanto a Terra Nem Tanto o Mar

Nem Tanto a Terra Nem Tanto o Mar

Arlindo Cruz


Não sou brisa nem sou vendaval
nem pimenta nem assim sem sal
sou da noite sou do dia
carnaval sem fantasia

Se você quiser eu mudo sim
sou teu Pierrot teu Arlequim
um amante dedicado pra ti dar só prazer
te fazer mais feliz no amor

É ver a luz ascender pra clarear nossas vidas
é o fim das mágoas sofridas
e quem sofreu é pra sonhar e acreditar totalmente

Nem tanto a terra, nem tanto ao mar
vamos tentar novamente

Não sou brisa nem sou vendaval
nem pimenta nem assim sem sal
sou da noite sou do dia
carnaval sem fantasia

Se você quiser eu mudo sim
sou teu Pierrot teu Arlequim
um amante dedicado pra ti dar só prazer
te fazer mais feliz no amor

É ver a luz ascender pra clarear nossas vidas
é o fim das mágoas sofridas
e quem sofreu é pra sonhar e acreditar totalmente

Nem tanto a terra, nem tanto ao mar
vamos tentar novamente no amor

É ver a luz ascender pra clarear nossas vidas
é o fim das mágoas sofridas
e quem sofreu é pra sonhar e acreditar totalmente

Nem tanto a terra, nem tanto ao mar
vamos tentar novamente (bis)

não sou brisa nem sou vendaval







***************************
Enviado por:

Luiza - Rio de Janeiro

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Arlindo Cruz no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS