Arlindo Cruz

Esse Nego

Arlindo Cruz


Eta nego cheiroso
Tem cheiro de mato
Tem cheiro de chuva de verão
ÔÔ

Eta nego gostoso
Tem gosto de doce de batata-doce
Comido com a mão
ÔÔ

Nego inteligente, não quebra a corrente
Sabe se impor, onde quer que ele vá
Nego decente
Da gente se orgulhar
Um sorriso tão branco, tão aperolado
Parece o pecado esculpido em marfim
Quero esse nego para mim
Só pra mim

Seu gingado é mistura de salsa
De samba, de samba de roda lá do "Pelorin"
Quero esse nego pra mim
Só pra mim

Ele é meu andor, minha fé
Meu amor, meu axé, meu dendê
Ele é o Xangô de Iansã
É a luz da manhã, é o querer
E por esse nego que eu entreguei a minha vida inteira
E por esse nego, eu brigo, eu luto até capoeira
Eu quero esse nego com mel e paixão
Porque esse nego é dono do meu coração

Composição: Arlindo Cruz; Babi Cruz

Letra enviada por

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Arlindo Cruz no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

ESTAÇÕES

ARTISTAS RELACIONADOS