Página inicial > A > Arion Mc > Demônios do Século

Demônios do Século

Arion Mc


Satisfação galera, Arion Mc 2018
Katatal tamo junto naquele pique
É nois que voa bruxão tipo assim óh an

Haha, Katatal
Tamo junto Arion, énois
ha segura

Nóis sendo dominados
Por esses pilantras
Sangue derramado
Sujando nossas mantas
Sendo escravizados
até mesmo "cultivados"
Mas não esqueça os fracos
No futuro serão os exalrados
Se vocês pensa que eu tô na moca
So por estar no meu quarto
Sem ouvir suas lorota
Mas não se engane
Não curto suas ideia torta
Quando eu bato de frente
Seu papinho já moca
Falar de quê?
Eu já nem sei
Fazer o que?
Quando eu acho que eu sei
Assuntos de verdade... eu já abortei
Mas pra vocês, isso sera sempre
sem Nexo, complexo
O Inverso
Protejendo meus irmãos
Pra conquistar o universo
Tento, mas sempre fico submerso
Por mais que eu tente
Eles julgam nosso sexo
o que temos por dentro
Fica oprimido
Dentro no teu coração
Sentimento aborrecido
Mas o que nos faz... é o nosso abrigo
O carro, a moto
As fotos foram esquecidas
No meio das batidas
Me perco nas bebidas
Buscando algo
Que me entregue novamente a vida

O mundo gira
Estamos presos nessa roda
Eles tão dormindo mas hoje a gente acorda
Somos mais que um, nossos demônios
são uma horda
Pra subir ao topo é preciso muito corda
De problemas nosso povo transborda
Nos tratam como o gado
mas a gente que nunca engorda
Batem nos fraco que perdem a memória
Nunca estudaram e querem fazer história
Dizem ser luz sem enxergam a trajetória
Só quem vê as trevas
Consegue alcançar a glória
Tenha certeza ao invés esperança
às vezes ainda sinto que sou uma criança
com medo
Uns tem fé em Deus
Eu desde cedo
Antes de ter fé outro
Tenho fé em mim mesmo
Pra que misericórida?
Lide com seus ato
Responsavel no sucesso
Responsavel no fracasso
Não se sente cansado de viver no anonimato?
Então levanta e marca o tempo no compasso
Meu coração já não bate
Então me dê um marcapasso
Eunão sou vagalume
Mas meu caminho eu traço
Dos grande eu sigo a pegada
Andando no meu próprio passo
Ponho o pé na estrada
E ponho no lixo aquele maço
Não vejo o caminho
Como se fosse um cego
Já perdi meu corpo para o meu alter ego
Não sei se existe um eterno
Meu coração é mais frio do que o inverno
Essa é a bagagem que eu carrego
Dentro de você está o céu e o inferno
Então viva, viva o mundo moderno
Onde a salvação não é um homem de terno
Katatal Mc, Arion Mc

Letra enviada por Leandro Lima

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Arion Mc no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS