Maria Severa

Argentina Santos


Num beco da Mouraria
Onde a alegria do sol não vem
Morreu Maria Severa
Sabem quem era? ... talvez ninguém

Uma voz sentida e quente
Que hoje á terra disse adeus
Voz saudosa, voz ausente
Mas que vive eternamente Dentro em nós e junto a Deus
Além nos céus

Bem longe onde o luar e o azul tem mais luz
Eu vejo-a rezar aos pés duma cruz
Guitarras trinai, viradas p'ro céu
Fadistas chorai porque ela morreu

Caíu a noite na viela
Quando o olhar dela deixou de olhar
Partiu p'ra sempre vencida
Deixando a vida que a fez chorar

Deixa um filho idolatrado
Que outro afecto igual, não tem
Chama-se ele “o triste fado”
Que vai ser desenjeitado
Se perdeu o maior bem

Compositor: José Galhardo / Raúl Ferrão

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Argentina Santos no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS