Fright Lined Dining Room (tradução)

Arctic Monkeys


Sala de Jantar Forrada de Medo


Você se excita por dançar para nós

Antes dos rostos mais familiares

E a cortina leva à febre


Nós observamos um pegador chorar

E no último gole, você e eu

Declaramos talvez precisar de uma pausa para respirar


Eu sou a verdade em pessoa, e eu

Posso fingir excitação fluentemente

Tão bem quanto posso fingir estar em choque


Com diversão bem proposta

E eu sei de tudo muito bem

Eu não deveria quebrar a chave na fechadura


E a estrela divide o quadro, revelando seda e saúde

Na sala de jantar forrada de medo

Encare-os enquanto eles se deliciam


Os dias acabam com seus saltos

Quando você não está lá para bater o chicote

As semanas esperam para explodir

Como um sachê de bronze


O velho vilão de pantomima segue meu casaco

E se esconde onde eu o penduro, espia pelas frestas


E enquanto isso, na única loja de roupas do deserto

Os capuzes, pendurados, esperam

Para envelhecer as identidades de seus donos


Afundando sacos de açúcar na noite

Ricocheteando as portas fechadas

Apesar de a loja não abrir pelas próximas horas


Você pode se coçar, se agitar e assoviar

E tentar evitar a conversa

Enquanto falei algumas asneiras, você bocejou, se exibindo


E a estrela divide o quadro, revelando seda e saúde

Na sala de jantar forrada de medo

Encare-os enquanto eles se deliciam

Fright Lined Dining Room


You thrive on dancing in our laps

Before the more familiar chaps

And oh the curtain leads to fever


We watched a womaniser cry

And in the last sip you and I

Declared we might require a breather


I am the truth true through and I

Can feign excitement fluently

As solid as I can busk shock


With well presented merriment

And I know all too well

I shouldn't break the key off in the lock


And the tumble splits the frame, revealing silk and fit

In the fright lined dining room

Throw a gaze towards them while they feast


The days drag their heels

When you're not there to crack the whip

And the weeks wait to burst

Like a sache of brass


The old pantomime villian follows my coat

And he hides where it hangs and he spies through the slots


And meanwhile in the desert's only costume shop

The cowls hang and wait

To rot away the identities of the willing


Drowned bags of sugar in the night

Rocketing shuttered doors despite

The shop not opening for hours


You can itch, flap, and whistle

And try to avoid the talk

As I scribbled over drivel you were snoring, showing off


The tumble splits the frame, revealing silk and fit

In the fright lined dining room

Throw a gaze towards them while they feast

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS