Digno de Honra

Arautos do Rei

Fogo Divino


Digno de honra (Társis Iraídes)

O céu por um instante está em silêncio
E o santuário está vazio pois, entre nós desceu pra batalhar

A cruz tornou-se o palco do conflito
E o mal com suas artimanhas a nossa alma quer aprisionar
De um lado estão as forças da verdade:
Jesus com hostes incontáveis que fazem sua vontade por amor
Do outro aqueles anjos rebelados
Que lá do céu foram expulsos,por transgressão da lei do Criador


Coro:
Digno é o Cordeiro que foi morto
De receber a honra,a gloria e o louvor
O reino deste mundo agora está em suas mãos
Pois, proclamada foi na cruz à salvação
O acusador foi derrotado e o seu domínio retirado
E com poder Jesus pra sempre reinará

Jesus ,o verbo transformado em carne,
Deixou sua glória e majestade ,para se oferecer em meu lugar
A cruz ,uma coroa de espinhos e os cravos que lhe perfuraram,
Tudo enfrentou aqui pra me salvar
Mas, pelo Seu amor quem é tão profundo
A mais intensa dor do mundo,
Ele aceitou sentir no coração
As marcas dos açoites do pecado são testemunhas da vitória
Que conquistou aflito em oração


Coro:
Digno é o Cordeiro que foi morto
De receber a honra,a gloria e o louvor
O reino deste mundo agora está em suas mãos
Pois, proclamada foi na cruz à salvação
O acusador foi derrotado e o seu domínio retirado
E com poder Jesus pra sempre reinará

Digno!Digno!Digno é o Senhor!

Digno!Digno

De receber a honra,a gloria e o louvor
O reino deste mundo agora está em suas mãos
Pois ,proclamada foi na cruz a salvação
O acusador foi derrotado e o seu domínio retirado
E com poder Jesus pra sempre reinará

Enviada por :Davi de Oliveira

serraodavi@bol.com.br

Compositor: Társis Iraídes

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Arautos do Rei no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS