Página inicial > Indie > A > Apanhador Só > Rj Banco Imobiliário

Rj Banco Imobiliário

Apanhador Só

Meio que Tudo é Um


Alvéolos quadrados respirando gente
Alvéolos quadrados respirando carros
Alvéolos quadrados respirando motos
Alvéolos quadrados respirando sombras
Alvéolos quadrados respirando pombas
Cachorros e gatos, ratos e baratas

Ainda ontem pela praia
alguma coisa retumbante em desespero me lembrou você
Namorados tropeçavam e eu pisoteava só
Choque, camadas, melanina, exposição aos céus
Baixo fator de proteção em vários nós

Paragadinquidingudincudigundarundêra
Zigdagundêra zignaruná
Só você e deus
Paragatinquidinguidingudingunarunêra
Zignarunêra zigdaradal
Eu e meus exus

Superfantástico, amigo
Que bom estarmos vivos!
Superfantástico, amigo
Que bom estarmos vivos!
Apesar que eu tô mal

Rajadas de metralhadora
Fazendo um arranjo bonito
Numa bossa redentora

Buquês de fogos de artifício
Disparando um agito aflito
Num reveillón inesquecível

Areia esfoliando os pés
As mãos ao alto rendem jacarés
Cabeça feita temperamental

Concerto que vai sair caro
Rio de janeiro banco imobiliário
Quem me garante outra encarnação?

Pediu pra parar
Não parou
Pediu pra parar
Não parou

Compositor: Alexandre Kumpinski, Lúcia Tietboehl, Danichi Mizoguchi

Letra enviada por Robson Avila

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Apanhador Só no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS