Adeus Mouraria

António Vasco Moraes


Adeus, oh, casas branquinhas
Das vielas estreitinhas
Onde o fado já morou
Adeus, meu bairro de encantos
Dos teus mais lindos recantos
Só a saudade ficou

Adeus, Mouraria, adeus tradição
Já vejo a cidade cantar com saudade a tua canção
E as casas velhinhas feitas de pedraria
Vão pelo caminho, dizendo baixinho
Adeus, Mouraria

Adeus, trapeira modesta
Das sardinheiras em festa
E dos beijos ao luar
Adeus, taberna bizarra
Onde nas noites de farra
Guitarras iam chorar

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a António Vasco Moraes no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS