Página inicial > A > Antônio e Arino > Paciência de Jó

Paciência de Jó

Antônio e Arino


Jó era um homem temente a Deus
Este homem morava nas terras de hum
Não desanimou com as provações desobedecendo
As mensagens da luz
E com paciência jó prosseguia
Enquanto o inimigo vinha lhe tentar
Lançou sobre ele
Doença e pobreza mais nas mãos de Deus
Jó venho a entregar

Jó assim falou com sua humildade
Do ventre materno
Nu eu sai, eu quero fazer a sua vontade nu poderei
Voltar para ti

Ele era justo e Deus ele amava
E a paciência nunca perdeu
Mas o inimigo viu que ele era
Justo na vida de jó, ele se meteu
Tirando de jó seus bens e seus filhos uma grande lepra
Jó venho a sofrer deitou-se em cinzas gemendo de dor
Na triste agonia passou a dizer

Bendito és tu, oh Deus da minha alma
O que tu me desse
Podes tirar pelas tuas mãos recebi o bem
Também poderei receber
Um lar

Letra enviada por Playlists do Vagalume

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Antônio e Arino no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS