• Vagalume
  • A-Z
  • Estilos
  • Top 100
  • Playlists
  • Rádio
  • Hot Spots
  • Notícias
  • Play
    PLAY

    Era il dieci luglio di una terra senza colpa bambini nei giardini giocavano nel sole
    e l'aria era di casa, di sugo e di fatica e vecchi nella piazza parlavano d'amore e donne al davanzale lanciavano parole
    sepolte ormai nel ventre di madri perdute, perdute dal cielo proprio sopra di noi che restiamo a guardare
    morire le radici, i preti perdonare
    proprio sopra di voi, che vivete tranquilli nella vostra coscienza di uomini giusti, che sfruttate la vita
    per i vostri sporchi giochetti allora allora ammazzateci tutti! Noi siamo qui prigionieri del cielo come giovani indiani risarciteci i cuori, noi siamo qui, senza terra né bandiera, aspettando qualcosa da fare
    e che non porti ancora dei torroni a Natale,
    telegrammi "ci pensiamo noi" condoglianze! condoglianze!

    Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção »

    Comente
    user 300 caracteres restantes. Enviar

    Todas as letras de Antonello Venditti

    Publicidade
    Notícias
    Mais notícias »
    Hot Spot
    Top Músicas do Vagalume
    Top 100 »

    As informações deste site são postadas integralmente pelos usuários. É importante dizer que é possível que os dados estejam desatualizados ou incorretos, sendo assim, o Vagalume exime-se de qualquer responsabilidade sobre as informações publicadas.Caso haja interesse em remover ou alterar alguma informação, entre em contato conosco.


    É permitida somente a visualização no site das letras de músicas encontradas aqui, vedada sua reprodução através de quaisquer outros meios (Lei 9610/98).Todas as letras de músicas são propriedade dos seus respectivos autores e divulgadas somente para fins educacionais.All lyrics are property and copyright of their owners. All lyrics are provided for educational purposes only.