Oh, Baby!!!

Anormal e A Banda Imaginária


Oh baby, lembro quando você morava com a sua tia
você só me trazia alegrias
Mas para minha infelicidade a gente se casou...
Oh baby, hoje você me torra o saco todo dia,
eu já não agüento mais as suas manias
e vê se pára de engordar!!!
Oh baby, você não sabe fazer nada e é muito burra
você queimou com o ferro aquela minha blusa
E depois ainda não quer apanhar!!!

Agora, a desgraçada da sua mãe tá vindo morar com a
gente
E eu já não agüento mais!!!

Oh baby, por favor saia da frente que eu quero ver o
jogo,
não me olhe com essa cara de débil mental
E não deixe essa velha fedorenta dormindo aqui!!!
Oh baby, com a sua mãe roncando não dá para escutar
Tire esse cd do "É o Tchan", pare de dançar
Não banque a ridícula e suma daqui!!!
Oh baby, eu já não tenho saco mais para nada
Eu vou lá dentro e volto em um instante...
Sinto muito baby, tenho que partir!!!

Agora, que já parti você e sua mãe ao meio
Oh baby, só me resta ocultar os dois presuntos para
não ser preso
Depois fugir para o Paraguai.

Compositor: Gusné / Norbert

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Anormal e A Banda Imaginária no Vagalume.FM

MIX DE MÚSICAS