Página inicial > Velha Guarda > A > Ângela Maria > Mulher de Malandro

Mulher de Malandro

Ângela Maria


Mulher de malandro sabe ser
Carinhosa, de verdade

Ela vive com tanto prazer
Quanto mais apanha, a ele tem amizade
Longe dele tem saudades

Ela briga, com o malandro
Enraivecida, manda ele andar

Ele se aborrece, e desaparece
Ela sente saudades, vai procurar

Mulher de malandro sabe ser
Carinhosa, de verdade
Ela vive com tanto prazer
Quanto mais apanha a ele tem amizade
Longe dele tem saudades

Muitas vezes, ela chora
Mas não despreza o amor que tem
Sempre apanhando e se lastimando
E longe do malandro, se sente infeliz

Letra enviada por nelson de campos

Encontrou algum erro na letra? Por favor, envie uma correção >

Compartilhe
esta música

Ouça estações relacionadas a Ângela Maria no Vagalume.FM

ÚLTIMAS

MIX DE MÚSICAS

ARTISTAS RELACIONADOS